Movies on demand no aconchego do lar

Até ontem o Google Play funcionou para mim como uma loja de apps. Ponto. Nunca consumi outros produtos por lá. Cliente da Netflix há cerca de três anos, acabei me acostumando com este ambiente. No entanto sabemos que, afora suas próprias produções e séries, o Netflix é bastante restrito quando o assunto são os lançamentos.

Desde julho estava com Mãe só há uma na cabeça. O buzz na rede e os lambes nas ruas do centro de São Paulo me despertaram esse desejo. Além disso, amo o trabalho da excepcional roteirista e diretora Anna Muylaert. Queria muito ter visto no cinema, não deu.

Por curiosidade, busquei o nome do filme do Google Play e bingo! Feliz, feliz, cumpri dois passos de cliques e voilá! Com R$ 6,90 debitados no crédito, passei bem meu sábado me deliciando com esta obra prima.

Passada a euforia da experiência, me peguei pensando: “nem todo mundo tem acesso aos dispositivos, internet, banda larga, cartão de crédito…”. Verdade. Ainda assim, precisamos assumir que este serviço é uma alternativa contra a enfadonha programação das TVs abertas, assim como uma solução mais barata do que o ingresso no cinema.

Alguém dirá que a experiência sensorial no cinema é diferente. Concordo. Mas, às vezes, movies on demand no aconchego do lar também pode ser bem legal.

Mais sobre esta lindeza de filme: https://www.facebook.com/maesohauma/
#maesohauma

Anúncios